sexta-feira, 8 de abril de 2011

Reality Run Maratón Santiago-Chile













  Quem disse que um confinamento de pessoas que se conhecem apenas por fotos e que fazem parte da comunidade mais famosa de corredores na Internet do Brasil, poderia virar um verdadeiro BBB Twitteresrun  em Santiago no Chile.
  Tudo começou com uma twittada normal do dia a dia em novembro de 2010, onde surgiu o tema “Maratona de Santiago” e logo surgiram alguns interessados.Quem escreve @LCGRJ, dois twitteresrun,  o @Onelton, único que eu já conhecia pessoalmente e a @smsmelo com seu namorado Alexandre e mais um casal, Sônia e Alexandre, totalizando seis pessoas que ficariam em um Apart Hotel com apenas um banheiro.
  Tinha certeza que a parte mais difícil dessa viagem não seria nem correr a Média Maraton propriamente dita que aconteceu neste fim de semana, 03/04/2011.Mesmo não tendo feito a preparação ideal para a prova, nem a lesão que insiste em me acompanhar desde setembro de 2010 não seriam obstáculos.
  Dividir o pequeno espaço com apenas um banheiro para seis pessoas, com maneiras e gostos diferentes, apenas o amor à corrida em comum, seria o desafio a ser superado. Isso eu pensava! Depois de 8h de voo do Brasil ao Chile, contando com conexão e tempo de espera no aeroporto, mais uns 20km de táxi do aeroporto até o hotel e mais duas horas na recepção do hotel para resolver um mal entendido na reserva da hospedagem. Uffa! Final de semana prometia.Nosso reality seria diferente, o confinamento não seria no hotel, tudo aconteceria dentro do metro de Santiago, foi tudo muito intenso. Véspera da Maratona, grupo todo reunido e mais duas amigas do mesmo hotel a também twitteresrun @scisinioto e sua amiga Wania. Partimos cedo para expo maraton para retirar o kit da corrida e conhecer um pouco a cidade. Combinamos que retornaríamos lá pelas 20h para podermos descansar, dormir bem e realizar uma boa corrida, isso foi o combinado! Na parte da manhã na expo era só alegria. Fomos atendidos com muito carinho pelo povo chileno, muitos brindes, muitas fotos com as chilenas bonitas, humm! Estava tudo perfeito, primeira parte do roteiro cumprido. No período da tarde é que as emoções aumentaram, teve de tudo dentro do metro. Nos perdemos, conhecemos quase todas as estações de Santiago, pane elétrica, o amigo Alexandre, esposo da Sonia teve sua carteira furtada com todos os documentos e quantia em espécie. Os sentimentos variavam, alegria, apreensão, cansaço, medo, preocupação com a situação do amigo roubado enfim, teve de tudo dentro do confinamento do metro, acho que passamos quase umas três horas dentro das estações. Para animar e elevar o moral do povo mandei o hit de sucesso do “Bonde do Mengão sem freio” dentro do vagão. A alegria foi geral, brasileiros e Chilenos curtindo o hit no vagão. Rsrsrs
  Como disse anteriormente, foi tudo muito intenso. A Maratona  foi apenas um detalhe para mim e acredito para o restante do grupo também.  Da maratona de Santiago gostei muito. O povo chileno todo na rua torcendo, vibrando, incentivando, interagindo com os atletas. Alguns ofereciam balas outros nos refrescavam com água de mangueira, gritos de vamos Brasil! Alguns itens na organização da prova precisam ser melhorados, tal como a hidratação, entrega de medalhas para alguns atletas, pois muitos ficaram sem as mesmas. No geral, eu recomendo a Maratona de Santiago a todos.
  Não houve apenas um vencedor no nosso Reality Run Martón de Santiago, todos fomos vencedores. Dividir todas essas aventuras e emoções com os amigos Twitteresrun não tem preço.

   

2 comentários:

  1. Luisinho,

    Estive na meia de Santiago, mas com sentimentos ou impressões diferentes...Talvez seja coisa de paulista, pois com certeza torceria o nariz pro tal bonde do mengão (risos!)

    A feira no sábado a tarde estava caótica, ao ponto da minha mulher perguntar (em tom irônico) na entrada da Estacion Mapocho: "Santiago ou Nova Delhi?"

    Também houve, não se esqueça, a troca absurda do horário da largada, e tome sol na cabeça!

    Escrevi no meu blog que os caras são bem intencionados mas inexperiêntes, não sabem lidar com uma estrutura de prova grande. No dia da prova, vc deve se lembrar, com o Palacio La Moneda todo fechado, criou-se uma aglomeração digna de 25 de Março (Saara, pra vcs do Rio) em época de Natal.

    De resto, a prova é bem legal sim, acho que voltarei em 2012, mas sem repetir os erros deste ano: a)-chega de experiências antropologicas (também ficamos presos entre 2 estações) no metrô;
    b)- hospedagem,´só se for em Las Condes, porque o que vc economiza se hospedando no Centro (feio pra caramba) vai tudo no táxi;
    c)- e Chega de pisco! (risos)

    PS: Só não entendi uma coisa: o vôo durou 8 horas? Teve conexão, né?

    Gde abraço
    Cesinha
    www.cesinhanascorridas.com

    ResponderExcluir
  2. Fala Cesinha, realmente esses contratempos que relata em seu blog, são fatos reais e pior parece que não é exclusividade de Santiago.Já ouvi algo parecido de Buenos Aires e Paris. O que não entra na minha cabeça é a Adidas está por trás do evento e deixar esses furos. Fora esses pequenos equívocos, eu aprovo Santiago, faz parte dos meus planos o retorno em 2012.
    Grande Abraço amigo!
    Já incluí no texto a conexão!!! É a pressa!!!rsrsr estava sem freio!!rsrsr

    ResponderExcluir